Sábado é dia de vacinar crianças contra paralisia e contra H1N1

11 de junho de 2010 - 17:08


A seleção do Zé Gotinha já está em campo, vacinando e fazendo gol em defesa da saúde das crianças. A campanha será lançada sábado, 12, mas na manhã desta sexta-feira, 11, dezenas de crianças com menos de 5 anos de idade já foram vacinadas durante o lançamento da campanha, no Centro de Saúde Irmão Hercília, no bairro São João do Tauape. A meta da campanha é vacinar em todo o Estado 741.189 crianças menores de 5 anos.

Na mobilização do lançamento, o secretário da saúde do Estado, Arruda Bastos, lembrou que “desde 1988 nenhum caso de paralisia infantil é registrado no Ceará e isso é resultado, principalmente, das sucessivas campanhas de vacinação promovidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), feitas  duas vezes por ano há mais de duas décadas”.  O secretário da saúde de Fortaleza, Alex Mont`Alverne alertou sobre a necessidade de continuar vacinando: “o perigo da doença ainda existe porque em quatro países há circulação endêmica do vírus que transmite a poliomielite”.  

Neste sábado, a Sesa, que fica na Avenida Almirante Barroso, 600, Praia de Iracema, dará plantão das 8 às 17 horas para vacinar crianças com menos de 5 anos contra a pólio e contra a Influenza A (H1N1). Nos postos de vacinação, as crianças entre 2 e 5 anos que ainda não tomaram a vacina contra a Influenza A também ficarão imunizadas contra o vírus H1N1.

A estrutura da campanha de vacinação para deixar as crianças livres da pólio é grande. São 1.692 postos fixos. Desse total, 727 na capital. Há 20 mil postos volantes em todo o Estado. Em todos os 184 municípios cearenses 30 mil pessoas estão envolvidas nos trabalhos de vacinação. No estoque de vacinas, além da Sabin, que imuniza contra a paralisia infantil, estão as vacinas tríplice viral (sarampo, rubéola, caxumba), e contra hepatite B, difteria e tétano e ainda contra rotavírus. Os pais terão uma boa oportunidade de colocar o cartão de vacinação dos filhos em dia.

No quadro abaixo, você confere os índices de cobertura vacinal do Ceará.

ANO
1ª ETAPA (%) 
2ª ETAPA (%)
2000  102,04  101,76
2001  100,61  101,34
2002  100,32  102,10
2003  100,94  101,11
2004  97,50  98,18
2005  95,75  96,60
2006  99,12  100,51
2007  93,94  94,53
2008  98,06  94,82
2009 97,20 99,55