Secretários

Secretário da Saúde

Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (1990) e doutorado em Cardiologia pela Universidade de São Paulo (2001). Professor Associado da Universidade Federal do Ceará, tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Cardiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: sistema nervoso autônomo, sistema cardiopulmonar e doença de chagas. Atualmente, é secretário da Saúde do Estado do Ceará.

Secretário Executivo de Políticas em Saúde

Marcos Antônio Gadelha Maia

Natural de Fortaleza, Ceará, é médico formado pela Universidade Federal do Ceará (1992) e pós-graduado em Clínica Médica no Hospital Universitário Walter Cantídio e em Cardiologia no Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (Hospital de Messejana). Titulado em Terapia Intensiva pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB), também tem especialização em Medicina Intensiva, pela Society Of Critical Care Medicine – Fundamental Critical Care Support (FCCS), e em Segurança do Paciente, pela Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/ Fiocruz). Foi coordenador das Unidades de Terapia Intensiva do Hospital Regional da Unimed Fortaleza e participou do processo de Acreditação pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e Canadense Internacional (ACI) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza como membro do time de liderança. No Hospital de Messejana, foi coordenador da Unidade de Pós-operatório de Cirurgia Cardíaca, coordenador do Núcleo de Segurança do Paciente e diretor-geral. Foi secretário-adjunto da Saúde do Ceará de agosto de 2015 até 31 de dezembro de 2018. Atualmente ocupa o cargo de Secretário Executivo de Políticas em Saúde do Ceará.

Secretária Executiva de Vigilância e Regulação

Magda Moura de Almeida

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Médica da família e comunidade pelo Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC). É especialista em educação para profissionais da saúde pela Foundation for Advancement of International Medical Education and Research (FAIMER). Professora adjunta do Departamento de Saúde Comunitária da UFC e diretora de Medicina Rural da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. É mestre em Saúde Pública pela UFC e doutora em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Na Secretaria da Saúde do Ceará, foi coordenadora de Políticas e Atenção à Saúde e, atualmente, ocupa o cargo de secretária executiva de Vigilância e Regulação do Estado.

Secretário Executivo Administrativo Financeiro

Cláudio Vasconcelos Frota

Possui graduação em Administração pela Universidade Estadual do Ceará (Uece) com especialização em Administração Financeira pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e Master of Business Administration pelo Instituto Brasileiro de Mercado em Capitais (IBMEC), além de ter cursos nas áreas de mercado de capitais, engenharia financeira e gestão, comércio exterior e câmbio, política e estratégia. Foi gerente de negócios e superintendente do Banco do Nordeste, na instituição também exerceu o cargo de assessor direto da presidência e de membro do Conselho Deliberativo da Caixa de Previdência dos Funcionários. Também foi diretor de atração de investimentos na Agência de Desenvolvimento do Governo do Ceará e analista de valores pelo Instituto Brasileiro de Certificação Profissional (IBCPI). Atualmente ocupa o cargo de secretário executivo administrativo financeiro da Secretaria da Saúde do Ceará.

Secretário Executivo de Planejamento e Gestão Interna

João Francisco Freitas Peixoto

Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC) em 1981. Mestre em Administração Contábil pela Fundação Getúlio Vargas (1994). Ministrou aulas na Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade da UFC, na Universidade Estadual do Ceará (Uece) e Universidade de Fortaleza (Unifor). Atuou na chefia do setor de Aplicações Financeiras, Tesouraria, Liquidação e Custódia do Banco do Nordeste, onde também foi superintendente de Gestão da Área de Controle Financeiro, estando sob sua responsabilidade as áreas de Contabilidade, Controladoria, Controle de Operações de Crédito e Gestão Tributária entre 2003 a 2012. Atuou como diretor executico e diretor de previdência na Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (Capef). Entre 2012 e 2016, foi membro do Conselho Deliberativo da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (Camed). Atualmente ocupa o cargo de Secretário Executivo de Planejamento e Gestão Interna da Saúde do Ceará.

A Secretaria


A Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) é um órgão da administração direta do Governo Estadual. Gerencia no Estado o Sistema Único de Saúde (SUS).

Propósito

Contribuir para o bem-estar e felicidade das pessoas.

Missão

Promover saúde individual e coletiva para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Valores

a) Resultado centrado no cidadão;
b) Humanização do atendimento;
c) Valorização das pessoas;
d) Transparência;
e) Conhecimento e inovação.

Visão até 2023

Ser referência aos cidadãos como sistema de saúde acessível, sustentável e de equidade, gerador de conhecimento e inovação.

História

No dia 27 de junho de 1961, o então governador do Ceará, Parsifal Barroso, dividiu a Secretaria de Educação e Saúde em duas: Secretaria de Educação e Cultura e Secretaria de Saúde e Assistência. A lei que criou a Secretaria de Saúde e Assistência foi a 5.427, publicada no Diário Oficial do Estado no dia 28 de junho de 1961.

De lá para cá, a expansão da Sesa, reconhecendo o direito à saúde e acompanhando as necessidades da população, é uma realidade. O número de hospitais e unidades que integram a rede estadual é bem maior. De seis hospitais (Hospital Geral de Fortaleza, Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, Hospital Geral Dr. César Cals, Hospital Infantil Albert Sabin, Hospital São José, Hospital de Saúde Mental de Messejana), a rede cresceu para treze. A ampliação começou com o Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara, que abriu as portas para a população em 2002.

No dia 8 de abril de 2011, um marco histórico para a saúde pública aconteceu: a inauguração do primeiro hospital público estadual de alta complexidade no interior do Ceará, o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte. Com 294 leitos, foi construído pelo Governo do Estado para atender 1 milhão e 400 mil habitantes das regiões do Cariri e Centro Sul. No mesmo ano, em 1º de junho, a rede estadual, com gestão direta pela Sesa, ganhou mais um hospital: o Hospital Geral da Polícia Militar José Martiniano de Alencar saiu da Secretaria de Segurança e passou a ser da Secretaria da Saúde do Estado, ganhando estruturas novas com reforma e ampliação dos centros de imagem e cirúrgico, além da maternidade. Através de decreto do governador, atualmente o hospital é gerenciado pela Sesa.

Em 18 de janeiro de 2013, foi inaugurado o terceiro hospital público de alta complexidade no interior, construído pelo Governo do Ceará. O Hospital Regional Norte, em Sobral, atende a população dos 55 municípios da região. Em 2016, iniciou o funcionamento do terceiro hospital terciário no interior. Em Quixeramobim, o Hospital Regional Sertão Central atende a população de 631.037 habitantes dos 20 municípios desta região de saúde – rede de assistência.

Além de hospitais, a nova rede de assistência amplia e facilita o acesso a consultas, exames e cirurgias de média complexidade. Tudo isso nas policlínicas regionais. São 22 em diferentes regiões de saúde do Estado. Nelas, a população realiza, com dia e horário marcados, consultas para especialistas em até 13 áreas da medicina. Na policlínica, a mulher faz a consulta com o mastologista e tem garantido o exame de mamografia. Ou seja, o atendimento é integral. No caso do homem, é atendido pelo médico urologista e lá mesmo é encaminhado para exames e diagnóstico da próstata.

A ampliação da rede de assistência veio acompanhada de inovações tecnológicas. Um dos maiores exemplos de modernidade tecnológica está no Hospital Regional do Cariri. A população da região, incluindo os moradores das regionais de Juazeiro do Norte, Crato, Brejo Santo, Iguatu e Icó, não precisa se deslocar para a capital para ter acesso à ressonância magnética. A primeira ressonância magnética na rede pública do interior foi realizada no HRC no dia 6 de junho de 2011. Até então, somente o Hospital Geral de Fortaleza, na capital, fazia esse tipo de exame.

Com a rede de assistência ampliada, novos modelos de gestão foram implantados, com destaque para os consórcios públicos de saúde. Para fortalecer a regionalização e descentralizar a gestão, em 2007, a Sesa marcou a história da saúde pública. Os gestores municipais foram mobilizados para conhecer a inédita estratégia de gestão, assumindo, junto com o Governo do Estado, a gestão e o custeio das novas unidades de saúde, entre elas as policlínicas e os Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs regionais). E o que era sonho para democratizar cada vez mais a saúde virou realidade: a gestão das 20 policlínicas e dos 22 CEOs regionais é através de consórcios públicos de saúde.

Instâncias Colegiadas

Assessoria de Imprensa

Coordenação: Rodrigo Santiago
rodrigo.santiago@saude.ce.gov.br
(85) 3101-5221/ 98733-8213

Órgão Assessor(a) E-mail Telefones

SESA

Secretaria da Saúde do Estado do Ceará

Guto Castro Neto
Caio Faheina
Fátima Holanda
Suzana Mont’Alverne
Manuela Barroso
ascom@saude.ce.gov.br
ascomsaudece@gmail.com
3101-5220
3101-5221

ESP

Escola de Saúde Pública do Ceará

Ariane Cajazeiras
Daniel Araújo
Jackson de Moura
ascom.esp@gmail.com
3101-1412
98699-8434

HIAS

Hospital Infantil Albert Sabin

Eduarda Talicy
imprensa@hias.ce.gov.br
imprensa.albertsabin@gmail.com
3256-1574
99715-5355

HGCC

Hospital Geral Dr. César Cals

Wescley Jorge
ascom@hgcc.ce.gov.br
ascomhgcc@gmail.com
3101-5323
98746-2890

HGF

Hospital Geral de Fortaleza

Felipe Martins
ascomhgf@gmail.com
3101-7086
98726-1212

HM

Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes

Jéssica Fortes
jessica.fortes@hm.ce.gov.br
comunicacao.hm@gmail.com
3101-4092

HGWA

Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara

Bruno Brandão
assessoriadeimprensahgwa@isgh.org.br
3216-8335

HSJ

Hospital São José

Diego Sombra
ascom@hsj.ce.gov.br
3101-2324

HSM

Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto

Milena Fernandes
milenafernandesassessoria@gmail.com
3101-4348

HRN

Hospital Regional Norte

Teresa Fernandes
imprensahrn@gmail.com
(88) 3677-9515
98883-4263

HRC

Hospital Regional do Cariri

Raquel Oliveira
assessoriadeimprensahrc@isgh.org.br
(88) 3677-9300

HRSC

Hospital Regional do Sertão Central

Thiago Conrado
comunicacaohrsc@gmail.com
(88) 3406-1300

HEMOCE

Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará

Natássya Cybelly
ascom@hemoce.ce.gov.br
imprensahemoce@gmail.com
3101-2308

UPA 24h

Unidade de Pronto Atendimento

André Pinheiro
3195-2737

HMJMA

Hospital e Maternidade José Martiniano de Alencar

Diana Vasconcelos
ascomhmjma@gmail.com
3101-4976

HELV

Hospital Estadual Leonardo Da Vinci

Débora Morais
assessoriadeimprensahelv@isgh.org.br

Ouvidoria

Como canal de mediação entre o poder público estadual e o cidadão, a Ouvidoria-Geral da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) é um instrumento de gestão voltado para o aperfeiçoamento da qualidade e da eficácia das ações e serviços prestados pelo sistema estadual de saúde, estando vinculada ao Gabinete do Secretário da Saúde.

A Ouvidoria-Geral é responsável por receber reclamações, denúncias, sugestões, elogios, solicitações e pedidos de informações relativos ao atendimento prestado pelos serviços de saúde no âmbito do Estado do Ceará.

 

Atribuições

Como canal de mediação entre o poder público estadual e o cidadão, a Ouvidoria-Geral da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) é um instrumento de gestão voltado para o aperfeiçoamento da qualidade e da eficácia das ações e serviços prestados pelo sistema estadual de saúde, estando vinculada ao Gabinete do Secretário da Saúde.

A Ouvidoria-Geral é responsável por receber reclamações, denúncias, sugestões, elogios, solicitações e pedidos de informações relativos ao atendimento prestado pelos serviços de saúde no âmbito do Estado do Ceará.

a) Receber e examinar as manifestações dos cidadãos relacionadas às ações e serviços de proteção, promoção e recuperação da saúde sob responsabilidade do Sistema Sesa;

b) Encaminhar aos órgãos competentes as manifestações recebidas, acompanhar suas soluções e fazer retornar aos cidadãos as informações sobre as providências adotadas;

c) Zelar pela preservação dos aspectos éticos, de privacidade e confiabilidade em todas as etapas do processo de recebimento e encaminhamento das manifestações dos usuários;

d) Fornecer orientações sobre o funcionamento do SUS, bem como os direitos dos cidadãos pertinentes aos serviços de saúde pública;

e) Implementar ações de incentivo à participação dos usuários no processo de avaliação dos serviços prestados pelo SUS no âmbito do Estado;

f) Estimular e apoiar o processo de descentralização das ouvidorias do SUS no Ceará;

g) Coordenar a Rede de Ouvidorias da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, que congrega os serviços de ouvidorias existentes nas unidades prestadoras de serviço da Secretaria e nas Coordenadorias Regionais de Saúde, composta, atualmente, por 70 ouvidorias;

h) Organizar e sistematizar o conjunto das manifestações recebidas pela Rede de Ouvidorias da Sesa, visando subsidiar a análise do Sistema de Saúde no Estado e, mais especificamente, a avaliação dos serviços ofertados pela Secretaria;

i) Incentivar e apoiar a realização de estudos e pesquisas visando à produção do conhecimento no campo das ouvidorias do SUS;

j) Articular e monitorar a Carta de Serviços nas unidades da Sesa;

k) Gerenciar a pesquisa de satisfação dos serviços prestados pelas unidades da Sesa.

l) Assegurar o cumprimento das normas relativas ao acesso à informação, monitorando sua implementação e orientando as unidades da Secretaria.

Canais Oficiais

 

 

 

Outras informações

Atendimento: 0800.275.1520

Central da Ouvidoria-Geral do SUS/MS: 136

Central da Plataforma Ceará Transparente: 155

E-mail: ouvidoriasesa@saude.ce.gov.br

Atendimento presencial na Ouvidoria-Geral da Sesa: das 8 às 12h e das 13 às 17h, na Avenida Almirante Barroso, 600 – Praia de Iracema.

Ouvidora-Geral da Sesa

Márcia Maria Mororó Monteiro Muniz
marcia.monteiro@saude.ce.gov.br
(85) 3101.4884