Hospital São José de Doenças Infecciosas

O Hospital São José de Doenças Infecciosas traz em seu histórico o fortalecimento do controle de todas as grandes doenças infecciosas endêmicas e epidêmicas no Estado, como tétano, raiva humana, difteria, coqueluche, febre tifóide, meningite, dengue, tuberculose e hepatites virais. Desde 1980, quando surgiram os primeiros casos de Aids, o hospital destacou-se no tratamento das pessoas vivendo com HIV/Aids. Nos últimos dez anos, foram criados no Hospital novas unidades de internamento e UTI, bloco cirúrgico e central de esterilização. Além disso, houve a expansão do serviço de radiologia, o fortalecimento da política de segurança do paciente e a ampliação do serviço ambulatorial. Foram implantados o Núcleo de Atendimento ao Cliente (NAC) e o Núcleo Interno de Regulação, que organizam o fluxo e gerenciam os leitos da unidade. Atualmente, o Hospital conta com 120 leitos, cinco unidades de internamento, entre elas uma exclusivamente pediátrica.