Laboratório Central de Saúde Pública

O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) integra o Sistema Nacional de Laboratórios de Saúde Pública (Sislab), sendo a unidade laboratorial de referência do Ceará e uma instituição pública estratégica para as ações de Vigilância em Saúde. O laboratório, desde sua criação em 1961, tem se engajado fortemente nas questões relacionadas à saúde pública e ao bem-estar da população. Sua história se confunde com a trajetória cearense de enfrentamento dos principais problemas e emergências de saúde do Ceará.

As respostas dadas em situações críticas dos últimos anos, como foram os casos da emergência sanitária da epidemia de zika vírus, da situação da dengue e chikungunya, assim como na pandemia pela Covid-19, são exemplos da relevância da instituição na resposta aos problemas sanitários.

O laboratório realiza análises laboratoriais de excelência, gerando conhecimento, fortalecendo as ações de vigilância em saúde e a assistência individual de alta complexidade, com acessibilidade em todo o Estado, promovendo ensino e pesquisa. O Lacen realiza análises para o diagnóstico laboratorial de doenças de notificação compulsória e outros agravos de interesse da saúde pública para o controle epidemiológico; também faz análises para o controle de qualidade de produtos (água, alimentos, medicamentos, saneantes e cosméticos) sujeitos ao controle sanitário e ambiental, e coordena a Rede Estadual de Laboratórios de Saúde Pública.

O Lacen contribui, ainda, com o treinamento em coleta, armazenamento e transporte de amostras e biossegurança das unidades de saúde, além de ser responsável pela habilitação dos laboratórios cearenses, públicos e privados, que realizam detecção de SARS Cov-2.

Missão

Realizar análises laboratoriais de excelência, gerando conhecimento, fortalecendo as ações de Vigilância em Saúde e a assistência individual de alta complexidade, com acessibilidade em todo o estado e promovendo o ensino e pesquisa.

Visão

Ser reconhecido como laboratório de refrência regional/nacional para determinados agravos e analises de interesse sanitário, realizando metodologias de maior complexidade.

Valores

a) Resultado centrado no cidadão;
b) Humanização do atendimento;
c) Valorização das pessoas;
d) Transparência;
e) Conhecimento e Inovação.