Hospitais e unidades

Rede Sesa

 

A atenção primária é a porta de entrada do sistema de saúde. Fazem parte da atenção primária, por exemplo, os postos de saúde, centros de saúde e unidades de Saúde da Família. A partir desse primeiro atendimento, o cidadão é encaminhado para outros serviços de maior complexidade da saúde pública, como hospitais e clínicas especializadas, que são da atenção secundária e terciária.

 

A rede da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) tem 11 hospitais, sendo oito na capital e três no interior. Em Fortaleza, são dois de nível secundário, com atendimento especializado e de média complexidade: Hospital e Maternidade José Martiniano de Alencar (HMJMA) e Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), e seis a nível terciário, que atendem casos de alta complexidade. São eles: Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ), Hospital de Messejana Dr. Alberto Studart Gomes (HM) e Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSMM). No interior, os três hospitais são terciários, com atendimento regionalizado: Hospital Regional Norte, em Sobral, Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, e Hospital Regional Sertão Central, em Quixeramobim.

 


Hospital Geral de Fortaleza

Rua Ávila Goulart, 900, Papicu, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-7086 | 3101-3180

 

Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes
Avenida Frei Cirilo, 3480, Messejana, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-4076

 

Hospital Infantil Albert Sabin 
Rua Tertuliano Sales, 544, Vila União, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-4200

 

Hospital Geral César Cals 
Av. Imperador, 545, Centro, Fortaleza
Telefone: (85) 3101.5347

 

Hospital São José de Doenças Infecciosas 
Rua Nestor Barbosa, 315, Parquelândia, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-2321 | 3101-2322

 

Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto 
Rua Vicente Nobre Macedo, s/n, Messejana, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-4332

 

Hospital Geral Waldemar Alcântara
Rua Dr. Pergentino Maia, 1559, Messejana, Fortaleza
Telefone: (85) 3216-8300

 

Hospital e Maternidade José Martiniano de Alencar
Rua Princesa Isabel, 1526, Centro, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-4976

 

Hospital Regional Norte
Rua John Sanford, 1500, bairro Junco, Sobral
Telefone: (88) 3677-9300

 

Hospital Regional do Cariri
Rua Catulo da Paixão Cearense, s/n, no triângulo Crajubar, Juazeiro do Norte

 

Hospital Regional do Sertão Central
Rodovia CE 060, quilômetro 198 (Estrada do Algodão), Quixeramobim
Telefone: (88) 3406-1300

 

Serviços especiais

 

A Sesa mantém unidades serviços de saúde específicos para o atendimento da pessoa que em razão do agravo necessita de atendimento especial.

 

Centro de Referência Nacional em Dermatologia Sanitária Dona Libânia
Rua Pedro I, 1033, Centro, Fortaleza
Telefone: 3101-5452

 

O atendimento no Centro Dona Libânia é de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas. A primeira consulta é por meio da central de regulação ou quando o paciente é encaminhado de um posto de saúde. Para pacientes com hanseníase, a demanda é espontânea; ou seja, a primeira consulta não precisa de encaminhamento. Na assistência, além de atendimentos a pacientes com hanseníase, o Centro Dona Libânia realiza também atendimentos em dermatologia geral, dermatologia pediátrica, DST/Aids, oncologia cutânea, alergia, dermatoses ocupacionais, cirurgia dermatológica, entre outros.

 

Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão (CIDH)
Av. Silva Paulet, 2406, Aldeota, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-1530 / 3101-1536

 

O Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão é referência de nível secundário no atendimento a pessoas com diabetes e hipertensão arterial no Estado. Para a primeira consulta na unidade, o paciente é encaminhado pelas Unidades Básicas de Saúde dos municípios. Inicialmente, é atendido pelo setor de enfermagem, onde tem o histórico, além da aferição da pressão arterial, medição de altura e peso, verificação da glicemia capilar e logo é encaminhado para o médico.

 

A depender da complicação que o paciente apresenta, ele poderá ser visto pelo clínico ou pelo especialista (cardiologista, nefrologista, vascular, neurologista, oftalmologista). Também será encaminhado ao nutricionista, para orientações sobre os hábitos alimentares, e ao fisioterapeuta, caso haja necessidade. Os pacientes também são atendidos na atenção primária, já que a consulta no CIDH é complementar ao tratamento na atenção primária em saúde. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, de 7 às 16 horas.

 

Instituto de Prevenção do Câncer do Ceará (IPC)
Av. Assis Chateaubriand, 58, Rodolfo Teófilo, Fortaleza
Telefone: 3101-1450/ 3101-1451

 

O Instituto de Prevenção do Câncer do Ceará é uma unidade de atenção secundária. Para ter acesso aos serviços o usuário geralmente é encaminhado de uma unidade de atenção primária, como um posto de saúde, por exemplo. As vagas para atendimento na unidade são disponibilizadas na Central de Regulação do Estado (CRESUS). Toda unidade primária tem acesso ao número de vagas disponíveis no CRESUS. O IPC disponibiliza vagas em três agendas: prefeitura, municípios e uma agenda restrita da unidade, esta última é para atendimento às pacientes que já estão em tratamento na unidade.

 

O IPC possui catorze ambulatórios, divididos em serviços de enfermagem, mastologia e ginecologia, além dos setores de mamografia, ultrassonografia e centro cirúrgico, onde ocorrem cirurgias para retirada de nódulo na mama, conização do colo do útero (um pedaço em formato de cone é retirado do órgão para a realização de uma biópsia) e pele para as pacientes atendidos no Instituto. Conta também com uma equipe multidisciplinar, formada por ginecologistas, mastologistas, enfermeiros, radiologistas e dermatologistas.

 

Na atenção às pacientes com câncer, é preciso destacar o serviço de apoio e humanização, com assistentes sociais, psicóloga e fisioterapeutas. Através do serviço social, a paciente pode tirar dúvidas sobre a doença e a legislação. Na fisioterapia, há um preparo para as mulheres que irão se operar, com o intuito de evitar complicações no pós-operatório. Toda paciente atendida que irá se opera ou é diagnosticada com câncer passa pelo setor de psicologia.

 

Centro de Saúde Meireles (CSM)
Av. Antônio Justa, 3113, Meireles, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-1440 / 3101-1442 / 3101-1446 / 3101-1447

 

Programa de Atenção à Saúde da Pessoa Ostomizada

O serviço de ostomizados atende a pacientes ostomizados (que utilizam bolsas coletoras) intestinais e urinários da capital e do interior, no Centro de Saúde Meireles, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 16 horas. Com o atendimento integral realizado pelo programa, os pacientes têm o fornecimento de bolsas coletoras, consulta e o acompanhamento por uma equipe multiprofissional e especializada, que inclui médico proctologista, enfermeira, nutricionista, assistente social e psicólogo. Este ano, até o mês de abril, o Programa atendeu a 7.962 pacientes e forneceu 69.613 bolsas e acessórios de ostomia.

 

Para agendar a primeira consulta no Programa de Atenção à Pessoa Ostomizada, basta ligar para o Centro de Saúde Meireles, telefone (85) 3486-6274. O agendamento pode ser feito de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas.

 

Programa de Alergia à Proteína do Leite de Vaca

O Programa do APLV atende a crianças de zero a três anos de idade com suspeita ou diagnóstico de alergia alimentar à proteína do leite de vaca e de soja. A primeira consulta é agendada pela Central de Regulação. Quem mora no interior do Estado vai ao posto de saúde do município e após a avaliação clínica, o médico do posto encaminha o paciente para a Coordenadoria Regional de Saúde, onde os pais ou responsáveis da criança solicitam o agendamento da primeira consulta para o atendimento no Centro de Saúde Meireles, em Fortaleza.

 

Quem reside em Fortaleza também procura um posto de saúde, onde no próprio local é feito o agendamento com a Central de Regulação, logo depois da consulta com o médico. O atendimento do Programa do APLV no Centro de Saúde Meireles ocorre de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas, por uma equipe de sete médicas gastropediatras e alergologistas e quatro nutricionistas. Após a consulta com os especialistas, o bebê é encaminhado para avaliação com a nutricionista, que indica o cardápio e prescreve a receita do lactente. Logo em seguida, no cadastramento, é marcada a data para o recebimento de uma das fórmulas infantis fornecidas pela Secretaria da Saúde do Estado que, este ano, distribuiu 60.315 latas até o mês de abril. Mais informações pelo (85) 3486-6288.

 

Programa de Controle do Tabagismo

Para quem quer deixar de fumar, na rede pública do Governo do Estado, há duas unidades referências no tratamento do tabagismo: Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart e Centro de Saúde do Meireles, onde fumantes têm avaliação clínica e participam de abordagem mínima ou intensiva individual ou em grupo, além de acesso gratuito a terapia medicamentosa, quando necessária. Os pacientes são atendidos por uma equipe de profissionais especializados como médicos, enfermeiras e assistente social. Mais informações: (85) 3101-1440.

 

Serviços de apoio

 

Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce)
Av. José Bastos, 3390, Rodolfo Teófilo, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-2296 | Fax: (85) 3101-2307

 

Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen)
Av. Barão de Studart, 2405, Aldeota, Fortaleza
Telefone: (85) 3101-1491 / 3101-1485

 

Serviço de Verificação de Óbito (SVO)
BR 116, s/n, Messejana, atrás do Hospital do Coração
Telefone: (85) 3101-2150/ 3101-2149/ 3101-2147