lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Oficina debate modelo de assistência farmacêutica no Ceará
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Oficina debate modelo de assistência farmacêutica no Ceará
Qua, 06 de Junho de 2018 18:04
alt

Com o objetivo de debater e elaborar estratégias de gestão e sustentabilidade para um novo modelo de assistência farmacêutica no estado, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) realizará, nesta quinta-feira, 7, a Oficina de Construção da Política Estadual de Assistência Farmacêutica do Ceará. A oficina será em parceria com o Laboratório Interdisciplinar de Saúde Coletiva, Farmácia Social e Saúde Mental Infantojuvenil (Lisfarme), da Universidade Federal do Ceará (UFC), e ocorrerá de 8 às 17 horas, no auditório do Bloco Didático do Curso de Farmácia da UFC.

Estarão presentes a secretária-adjunta da Saúde do Ceará, Isabel Cavalcanti, e representantes da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Conselho Estadual de Saúde do Ceará (Cesau), Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems-CE). A oficina terá a participação de profissionais e gestores da assistência farmacêutica da rede pública do Estado e municípios.

De acordo com a coordenadora da Assistência Farmacêutica da Sesa, Fernanda Cabral, identificou-se a necessidade de refletir sobre as novas e futuras demandas que têm se apresentado no Estado, tanto por fatores demográficos e epidemiológicos quanto pela ampliação da cobertura dos serviços, como também pelo novo modelo de financiamento das ações e serviços de saúde do país e de organização do sistema de Redes de Atenção à Saúde (RAS), coordenadas e orientadas pela Atenção Primária à Saúde. “A Assistência Farmacêutica tem caráter sistêmico, multidisciplinar e interdisciplinar, e deve estar integrada as políticas públicas da saúde e ser contemplada nos instrumentos de planejamento estaduais da saúde atualmente vigentes”, ressalta.

Para Fernanda, deve-se ainda refletir e planejar uma Política de Assistência Farmacêutica a partir do entendimento da história, particularidades e vocações do estado. “Temos como exemplos a compra centralizada de medicamentos, o Elenco Secundário da Assistência Farmacêutica (complementar), os programas e projetos de fitoterapia, como o Farmácia Viva, bem como a instalação da unidade da Fundação Oswaldo Cruz no Ceará”, diz.

Assistência Farmacêutica

Conforme a Política Nacional de Medicamentos (PNM), a Assistência Farmacêutica é um grupo de atividades relacionadas com o medicamento, destinadas a apoiar as ações de saúde demandadas por uma comunidade. Envolve o abastecimento de medicamentos em todas e em cada uma de suas etapas constitutivas, a conservação e o controle de qualidade, a segurança e a eficácia terapêutica dos medicamentos, o acompanhamento e a avaliação da utilização, a obtenção e a difusão de informação sobre medicamentos e a educação permanente dos profissionais de saúde, do paciente e da comunidade para assegurar o uso racional de medicamentos. “A PNM estabelece as responsabilidades para cada uma das três esferas de gestão. Com relação à esfera estadual, cabe em caráter suplementar formular, executar, acompanhar e avaliar a política de insumos e equipamentos para a saúde”, explica Fernanda Cabral.


Serviço:
Oficina de Construção da Política Estadual de Assistência Farmacêutica do Ceará
Dia: 7 de junho, quinta-feira
Horário: 8 às 17 horas
Local: Bloco Didático do Curso de Farmácia da UFC – Rua Cap. Francisco Pedro, 703, Rodolfo Teófilo, Fortaleza





Assessoria de Comunicação da Sesa
Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel
(85) 3101.5221 / 3101.5220
www.facebook.com/SaudeCeara


 

Calendário

Junho 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30