lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Campanha de vacinação contra gripe é reforçada neste sábado, 12
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Campanha de vacinação contra gripe é reforçada neste sábado, 12
Sex, 11 de Maio de 2018 14:36
alt

“Com saúde não se brinca, ainda mais quando se trata do filho da gente. Então o cuidado deve ser redobrado”, é o que enfatiza Clarissa Menezes, 27. Moradora do bairro Papicu, em Fortaleza, a estudante levou seu filho Miguel para se vacinar no Centro de Saúde Meireles, do Governo do Ceará. Nesta sexta-feira, 11, o menino de 10 meses de idade foi imunizado contra a gripe (Influenza H1N1). Ele é uma das 2.286.637 pessoas do Ceará que fazem parte da meta de vacinação contra a gripe. Os grupos prioritários devem se vacinar até o dia 1º de junho. “Estamos confiantes de que vamos alcançar essa cobertura vacinal antes mesmo do dia 1º de junho, porque hoje nós temos um diferencial, que é a população querer tomar a vacina”, ressalta Ana Vilma Leite Braga, coordenadora estadual de imunizações.  De 20 de abril a 10 de maio, só o Centro de Saúde Meireles já vacinou 13.950 pessoas dos grupos prioritários.

A vacina é a forma mais segura de se proteger contra o vírus H1N1. Clarisse é uma das mães que entendem essa importância. E para garantir a segurança da saúde do filho, vacinou Miguel no dia em que ele completa 10 meses de vida. “É nosso dever, como mãe, prezar pela saúde e bem-estar do filho. É uma questão de saúde não só para família, mas uma vez que ele está vacinado, impede também de ele passar o vírus para outras crianças, quando ele estiver, por exemplo, na escola, ou de desenvolver qualquer doença relacionada à falta dessas vacinas. Então eu acho que é um papel mais que só familiar, é um papel social também a gente manter nossos filhos, até nós mesmos, vacinados contra qualquer doença”, enfatiza.

alt

Neste sábado, 12 de maio, é o Dia D de Mobilização Nacional para vacinação contra Influenza. Podem tomar a vacina crianças, mulheres e homens que fazem parte dos grupos prioritários de imunização. São crianças com idade de seis meses a menos de cinco anos, idosos com 60 anos ou mais, gestantes, mulheres com até 45 dias pós-parto, doentes crônicos, trabalhadores da saúde, população indígena e professores de escolas públicas e particulares. “A expectativa é que a gente alcance, no mínimo, uns 30% de cobertura vacinal porque é um dia especial, dia de sábado. Muitas pessoas não trabalham, aproveitam para se deslocarem a uma unidade de saúde e se vacinarem”, ressalta Ana Vilma.

Neste ano, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza completa duas décadas de realização. “A campanha 2018 está sendo excelente porque é diferente dos outros anos. Este ano, a população prioritária está querendo tomar a vacina, procurando as unidades de saúde. Resultado disso, o Ceará está no ranking de melhor estado do Nordeste em doses aplicadas e o terceiro estado melhor também do Brasil. Então isso nos deixa muito felizes. A gente só tem a parabenizar os municípios”, comemora a coordenadora estadual de imunizações.

alt

Ela também alerta sobre a importância de as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários tomarem a vacina o quanto antes, pois a vacinação contra a gripe só protege a partir de 15 dias de imunização. “A vacina está em todos os postos. Hoje, nós não estamos vendo nem fila. E amanhã, que é o dia D de mobilização nacional, a expectativa é que todas as unidades estarão abertas no Brasil todo”, disse Ana Vilma, enquanto acompanhava atendimento no Centro de Saúde Meireles, na manhã desta sexta-feira, 11.

“É muito importante destacar que essa vacina tem proteção de um ano. E nós precisamos que todos os grupos prioritários tomem todo ano essa vacina, porque ao longo do ano vai perdendo essa proteção, os anticorpos vão caindo e as pessoas vão deixando de ficar protegidas contra a doença. E tem mais um detalhe: um vírus de um ano não é o mesmo vírus do ano seguinte. Por isso, nós temos que ter uma preocupação de vacinar nossa população prioritária todos os anos”, afirma Ana Vilma Leite Braga.

Postos de vacinação

Em Fortaleza, os 110 postos de saúde do Município e o Centro de Saúde Meireles, da rede pública do Governo do Ceará, estarão abertos para vacinação do público que faz parte dos grupos prioritários. Para se vacinar, basta ir ao posto de saúde mais próximo de casa. O Centro de Saúde Meireles, por exemplo, atenderá no horário de 8 às 16h30. “Todos devem se vacinar para prevenir essa gripe, evitar maiores problemas”, é o recado da professora Beatriz Diógenes, 62, que também se vacinou nesta sexta-feira, 11. Todos os anos, ela participa da campanha de imunização contra a gripe.

alt

Para Miguel, a mãe Clarisse garante que não é diferente. “O serviço é de extrema qualidade aqui (Centro de Saúde Meireles). E fiquei muito feliz por ver muitas pessoas se vacinando. E quando fui vacinar o Miguel, não tinha fila, foi bem cômodo, bem confortável. Eu acho que deve ser assim esse momento de vacinação. E acabar com aquele mito de que é um momento de dor, que a criança vai chorar, vai espernear, e fazer medo para a criança. Eu acho que é muito importante, é melhor pensar agora com uma visão no futuro do que 'ah, não vou vacinar meu filho porque ele chora'. É melhor ele chorar agora do que chorar lá na frente por causa de uma enfermidade pior”, pontua.

alt



Leia mais: Crianças e idosos são os mais acometidos pela influenza




Fotos:  Assessoria de Comunicação da Sesa


Assessoria de Comunicação da Sesa
Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel/ Fátima Holanda
(85) 3101.5221 / 3101.5220
www.facebook.com/SaudeCeara
 

Calendário

Outubro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3