lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Laboratório Central de Saúde Pública realiza mais de um milhão de exames
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Laboratório Central de Saúde Pública realiza mais de um milhão de exames
Qui, 11 de Janeiro de 2018 11:20
alt

O diagnóstico de doenças de notificação compulsória e outros agravos de saúde pública, além das análises para controle da qualidade de produtos sujeitos ao controle sanitário, como água, alimentos, medicamentos, cosméticos e saneantes, é responsabilidade da rede de unidades do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), do Governo do Ceará. Com estrutura para atender aos 184 municípios do Ceará, a rede laboratorial, composta pode seis unidades distribuídas em Fortaleza e interior – Crato, Icó, Juazeiro do Norte, Senador Pompeu e Tauá – encerrou o ano de 2017 com 1.324.602 exames realizados.

No Lacen, situado em Fortaleza, 1.012.772 ensaios foram realizados no ano passado. Responsável por 92% da produção do laboratório, a Divisão de Biologia Médica é habilitada para a realização de diversos testes, dentre eles: hepatites virais, HIV, triagem neonatal, toxoplasmose, citomegalovírus, dengue, zika, febre chikungunya, sarampo, rubéola, carga viral, dentre outros. O desempenho da divisão foi de 930.718 exames. Deste total, 742.268 correspondem à triagem neonatal e 149.013 ao setor de virologia, que é o maior do laboratório e abrange sete diferentes segmentos: endemias, triagem neonatal, microbiologia, raiva, coleta e recebimento de amostras.

A Divisão de Produtos é responsável pelas análises para controle da qualidade dos produtos sujeitos ao controle e fiscalização da Vigilância Sanitária. No ano passado, 82.054 análises foram feitas, o equivalente a 8% dos ensaios realizados pelo Lacen. A área de alimentos em geral foi destaque com 3.583 análises realizadas.

Já as cinco unidades regionais, localizadas em Crato, Icó, Juazeiro do Norte, Senador Pompeu e Tauá, encerraram o ano de 2017 com 311.829 exames realizados, sendo 200.392 exames básicos e 111.437 análises de saúde pública.

Gestão da Qualidade

Comprovando a qualidade dos serviços ofertados à população, o Lacen destacou-se ainda em duas auditorias externas no ano passado. No processo de avaliação pela Organização Nacional de Acreditação (Ona), o laboratório passou ao nível Acreditado Pleno – Nível II, que além do critério de segurança, já avaliados para o nível I, foi reconhecido também por sua gestão integrada.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) também atestou a qualidade dos serviços no laboratório. Por meio de relatório, a Anvisa destacou o conhecimento, competência técnica e no alto grau de implantação do sistema de gerenciamento de amostras, o Harpya. Outros pontos também foram observados, tais como: o comprometimento da direção, a elaboração e qualidade dos indicadores e seu desdobramento para as áreas específicas a cada critério e a facilidade do rastreamento e controle das informações.



Foto: Assessoria de Imprensa do Lacen

Assessoria de Imprensa – Lacen/ IPC / CIDH
Suzana de Araújo Mont'Alverne
(85) 3101-1488
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
 

Calendário

Abril 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5