lai

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Programa nacional seleciona hospitais da rede pública do Ceará
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Programa nacional seleciona hospitais da rede pública do Ceará
Qui, 28 de Dezembro de 2017 16:01
alt

Oito hospitais da rede pública do Ceará são selecionados para participarem do Projeto Colaborativo “Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil”, do Ministério da Saúde. Destes, cinco são do Governo do Ceará: Hospital Geral de Fortaleza, Hospital Geral Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, Hospital Geral Dr. César Cals, Hospital Dr.Waldemar de Alcântara, em Fortaleza, e Hospital Regional do Norte, em Sobral. O projeto faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), em parceria com o Institute for Healthcare Improvement (IHI). Participarão também o Hospital Universitário Walter Cantídio e Maternidade Escola Assis Chateaubriand, do Governo Federal, e o Instituto Dr. José Frota, da Prefeitura de Fortaleza.

alt

O projeto nacional tem como principal objetivo orientar os profissionais de saúde quanto às melhores práticas para o cuidado da segurança do paciente nos hospitais do SUS. De acordo com Iran Júnior, enfermeiro da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) e apoiador do Programa no Ceará, cada instituição selecionada terá uma equipe de liderança composta por cinco profissionais escolhidos pela direção. “O time será responsável pela implementação de protocolos para disseminar a cultura da segurança do paciente e promover ambientes de práticas seguras. Trabalhando com esses protocolos, a instituição desenvolverá um ambiente de maior colaboração, além de fortalecer o vínculo entre o paciente, a família e o hospital”, afirma.

alt

Cada hospital selecionado participará de treinamentos presenciais, além de suporte via chat, webconferência e tutoria. “O programa é importante, pois vai possibilitar que os hospitais sejam referência para outras unidades do país no cuidado ao paciente”, ressalta Iran. O Projeto visa reduzir em 50% as infecções relacionadas à assistência à saúde no país, dentre elas, infecção da corrente sanguínea associada ao uso de Cateter Venoso Central (CVC); Pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV); e a Infecção do trato urinário (ITU). A medida prevê também uma redução de R$ 1,2 bilhão de gastos com tempo de permanência do paciente nos leitos e com a utilização de insumos.

Reunião técnica

O Ministério da Saúde/ Proadi-SUS, com apoio dos Hospitais de Excelência, Hospital Alemão Osvaldo Cruz (SP); Hospital Beneficência Portuguesa (SP); Hospital do Coração (SP); Hospital Israelita Albert Einstein (SP); Hospital Sírio Libanês (SP) e o Hospital Moinhos de Vento (RS) realizou, no último dia 11, a primeira reunião técnica com 120 hospitais do país selecionados para participarem do Projeto Colaborativo “Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil”, em São Paulo.

Segurança do Paciente

Em 2013, o Ministério da Saúde lançou o Programa Nacional de Segurança do Paciente com o objetivo de prevenir e reduzir a incidência de eventos adversos – incidentes que resultam em danos ao paciente, como quedas, administração incorreta de medicamentos e erros em procedimentos cirúrgicos nos serviços públicos e privados.
Entre as principais ações do programa está a implantação de uma gestão de risco e os Núcleos de Segurança do Paciente nos estabelecimentos, além de envolver pacientes e familiares nas ações e fomentar a inclusão do tema no ensino técnico, graduação e pós-graduação de saúde.

Proadi-SUS

O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS), possibilita que as entidades de saúde de referência participem do desenvolvimento do SUS, transferindo tecnologias de gestão e de atenção úteis para serem adaptadas pela rede pública, além de desenvolverem pesquisas de interesse do sistema.

Entre 2015 e 2017, estão em execução 132 projetos nos seis hospitais de excelência, Albert Einstein, Sírio-Libanês, Hospital do Coração, Oswaldo Cruz, Moinhos de Vento e Samaritano. Atualmente, há 10 projetos relacionados a Segurança do Paciente e qualidade de serviços por meio do Proadi-SUS, dentre eles o “Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil”.





Assessoria de Comunicação da Sesa
Cristiane Bonfim / Marcus Sá / Helga Rackel (85) 3101.5221 / 3101.5220
www.facebook.com/SaudeCeara
 

Calendário

Outubro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3